en pt

artistas - Menez

A História da Arte refere-se a Menez como fundadora, em Portugal, da tendência do expressionismo lírico e abstracto de influência francesa. As obras da pintora afirmam-se por um sentido agudo da luz e da cor, em composições abstractas onde as vagas geometrias introduzem um ritmo exclusivamente plástico. A influência de Vieira da Silva, marcante para a geração de Menez, é evidente nas primeiras obras, mas também a de Bonnard, Rothko e Matisse. Menez adapta à pintura, o desenho em monocromia (azul, laranja, sépia, por exemplo), que aplicou em cenas de grande teatralidade, de onde a paisagem quase desaparece. Em 1960, e entre 1965 e 1969 foi bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian, em Londres.