en pt

artistas - Noronha da Costa

Obra

Expo MAC

Cineasta, Arquitecto e Pintor Licenciado pela Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa, de entre os muitos prémios que ganhou salientamos o prémio Europeu da Cultura,  atríbuido pelo Parlamento Europeu. A sua prática artística mobiliza dados culturais diversificados, como a Arquitectura, o Cinema, o Objecto, a Filosofia e a Pintura, assumindo-se como artista neo-romântico. Sendo o sfumato uma técnica instaurada no apogeu da pintura figurativa ocidental, sobrepondo-se à nitidez linear do contorno, em Noronha provoca a expansão das manchas. Diáfanas, sem volume e peso, as figuras são fugazes condensações de luzes variadamente coloridas. As silhuetas, mais do que representar objectos, definem planos rebatidos para a frontalidade. Não há sombras projectadas por objectos, nem sequer há chão. Há sombras próprias, como há luzes próprias.